Bares e cervejarias se unem por #MicrocervejariasNoSimples

Por: Maurício Beltramelli

Está se formando uma grande e inédita onda de solidariedade Brasil afora entre cervejarias e bares cervejeiros. Barris de cerveja estão sendo doados para venda em estabelecimentos especializados, e a renda está sendo revertida à ABRACERVA (Associação Brasileira de Cerveja Artesanal).

A operação é para ajudar a cobrir as despesas das viagens dos dirigentes da entidade a Brasilia, já que, em agosto, será votado projeto que poderá incluir as microcervejarias brasileiras no sistema tributário do Simples Nacional, uma antiga reivindicação do setor.

“Como temos pouco tempo em atividade, ainda estamos acertando a tesouraria da ABRACERVA, de forma que ainda não temos um caixa compatível com as necessidades urgentes que temos. Nossas viagens, até agora, estão sendo feitas com o dinheiro do próprio bolso”, explica Jorge Gitzler, presidente da associação. Para que o projeto passe no Congresso, estão sendo programadas várias viagens de cervejeiros a Brasília, a fim de fazer corpo-a-corpo com deputados, conscientizando-os da necessidade do pleito.

Adesões acontecem a cada minuto

As movimentações cervejeiras estão sendo promovidas em vários Estados brasileiros, entre dezenas de bares e cervejarias. Este Blog ainda não possui uma lista consolidada dos bares que terão produtos à venda com renda revertida (na medida em que tiver, posto aqui). Em São Paulo, bares tradicionais cervejeiros como Bar Brejas (Campinas), Empório Alto de Pinheiros (São Paulo) e Weird Barrel (Ribeirão Preto) já aderiram à onda, recebendo barris de diversas cervejarias e arrecadando recursos.

Os cervejeiros cariocas conseguiram consolidar uma lista preliminar:

abracerva_rj

Na medida em que mais cervejarias e bares forem sendo adicionados Brasil afora, tentaremos pulicar na nossa fanpage e na da ABRACERVA as novidades.

Portanto, faça uma boa-ação para a cultura cervejeira, procure bares que tenham barris promocionais para renda revertida à ABRACERVA!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *